Processos editoriais e institucionais de gestão da imagem de autor: em pauta a identidade criadora de Mário de Andrade

Financiamento CNPq.
Descrição: No projeto Processos editoriais e institucionais de gestão da imagem de autor: em pauta a identidade criadora de Mário de Andrade (triênio 2016-2019), pretendo, a partir da análise de várias ações editoriais e institucionais que se deram em torno da obra e da figura de Mário de Andrade em 2015, por ocasião dos 70 anos de morte do escritor e às vésperas de sua obra entrar para o domínio público, verificar o modo como se dá a construção de imagem de autor. O projeto contempla como objetivos específicos, demonstrar como e em que medida: i) a mudança de mídium implicada na gestão de uma obra/texto afeta a construção de imagem de autor; ii) a exploração da valência interna do gênero de uma obra/texto afeta a construção de imagem de autor; iii) os processos de adaptação de uma obra, que acaba por constituir em torno de si uma nova comunidade discursiva, afetam a construção de imagem de autor; iv) os processos de aforização, destacamento e compartilhamento de frases da obra de Mário de Andrade afetam a construção de imagem de autor. Este projeto se desenvolverá, fundamentalmente, com base no quadro teórico proposto por Dominique Maingueneau. Palavras-chave: Análise do discurso; imagem de autor; mídium; valência genérica; aforização e destacabilidade.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Fernanda Mussalim – Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – Bolsa.